Alaúde lança livro sobre os caminhões FNM
20 de junho de 2017
Show all

O Tucker ‘Frankenstein’ de US$ 1,1 milhão

Carro construído com restos de exemplares acidentados e peças de reposição está à venda nos EUA

Na história da indústria automobilística mundial, poucos automóveis se tornaram tão carismáticos e geraram tanto fascínio entre os admiradores de automóveis quanto este americano que fugia ao estereótipo dos modelos de sua época e que foi produzido por somente um ano, com meros 51 exemplares fabricados em 1948. Criação do visionário, genial e para lá de polêmico Preston Tucker, o automóvel que leva seu nome está também entre os mais valorizados de todos os tempos.

Entre os aficionados brasileiros o carro também gera frisson. Prova disso é a brilhante série de reportagens sobre a trajetória do único “Tucker Brasileiro”, publicada pela Revista Classic Show e que certamente se transformou num dos maiores (senão o maior) sucessos destes 17 anos da publicação.

Até 2013 os números oficiais contabilizavam em 47 o número de Tuckers Torpedo sobreviventes. Como estratégia de marketing, Tucker numerou seus carros iniciando pelo número 1001. O de Nº 1027 se acidentou em testes na própria fábrica e ficou completamente destruído, restando apenas a parte dianteira. O 1018 bateu em uma árvore numa estradinha do Estado de Nova York e foi considerado irrecuperável.

No início da década de 1970 um colecionador apaixonado pela marca, diante da impossibilidade de adquirir um carro perfeito, comprou o que restou desses dois acidentados, além de um chassi de testes nunca montado que restou da massa falida da fábrica, além de um monte de outras peças originais, que ele foi garimpando aqui e ali.

O tal colecionador não conseguiu realizar o seu sonho e o conjunto de peças foi passando de mão em mão ao longo das décadas. Até que em 2013 uma oficina do estado do Michigan chamada Classic&Exotic Service, especializada em marcas do quilate de Cadillac, Auburn, Duesenberg, Packard e Cord recebeu a missão de juntar todo o quebra-cabeça e montar este lindo Tucker Torpedo vermelho, que hoje é o sobrevivente de número 48 e que ostenta orgulhosamente em sua plaqueta o nº 1052.

Agora, este ‘Frankenstein’ está à venda pela bagatela de US$ 1,1 milhão. Preço até convidativo, se levarmos em consideração seu incrível histórico e o fato de ter sido inteiramente fabricado com peças originais, inclusive chassi. Portanto, não se trata de uma réplica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *